Explicação e Significado de 1 Samuel 8

O significado de 1 Samuel 8 fala sobre o estabelecimento da monarquia. A história de Israel continuou a seguir o padrão estabelecido no livro de juízes. Uma vez que o juiz designado por Deus (neste caso, Samuel) não era mais capaz de exercer controle sobre a nação (pois Samuel era velho e seus filhos que o sucederam como juízes eram inúteis), o povo se afastou de Deus e passou a agir de maneira errada.

O povo pede um rei (1 Samuel 8:1-22)

Em busca de estabilidade dentro da nação, o povo pediu a Samuel que acabasse com o antigo sistema e lhes desse um rei como as outras nações. Isso foi mais do que meramente uma rejeição do sistema de regra pelos juízes; foi uma rejeição de Deus.

Os problemas do povo vieram de seus pecados, não do sistema de governo. O remédio, portanto, era recorrer a Deus em uma nova atitude de fé, amor e santidade prática. Em vez disso, eles se voltaram para um novo sistema político (1 Samuel 8:4-9).

Além de rejeitar a Deus, o povo de Israel estava convidando dificuldades sociais e econômicas. Samuel lembrou-lhes os exemplos que podiam ver nas nações ao redor, onde os reis oprimiam seu povo com regras severas, trabalho forçado e impostos pesados ​​(1 Samuel 8:10-18). Mas os israelitas não se comoveram; eles queriam um rei. Em particular, eles queriam alguém que seria um líder militar impressionante.

Porém o povo não quis ouvir a voz de Samuel; disseram: Não, mas haverá sobre nós um rei. E nós também seremos como todas as outras nações; e o nosso rei nos julgará, e sairá adiante de nós, e fará as nossas guerras.Ouvindo, pois, Samuel todas as palavras do povo, as falou perante os ouvidos do SENHOR.Então, o SENHOR disse a Samuel: Dá ouvidos à sua voz, constitui-lhes rei. Então, Samuel disse aos filhos de Israel: Vá-se cada qual à sua cidade. (1 Samuel 8:19-22).

Fonte da explicação de 1 Samuel 8:

  • Autoria: Bridgeway Bible Commentary; de Fleming, D.
  • Versículos citados: Versão Almeida Revista e Corrigida.